A vida de oração

Tag  Tags: , - Categorias: Estudos e Mensagens por Efatah



Quando recebemos a Cristo como Salvador e Senhor, entramos numa nova esfera de vida. Com o novo nascimento, nos tornamos filhos de Deus, lavados e remidos no sangue remidor do Senhor Jesus Cristo! Comprados pelo Sangue do Cordeiro de Deus!

Texto Básico: 1Ts 5:17

1. INTRODUÇÃO
Dentre as muitas maravilhas que nos alcançam então, está a adoção de filho! Ou seja, quando entendemos o plano da salvação e decidimos aceitar a Cristo como Salvador pessoal, nos tornamos filhos de Deus por adoção! (Jo 1:12).
Assim sendo, a oração é o meio através do qual falamos com Deus e ouvimos Sua voz. A Bíblia nos ordena a orar (Mt 7:7; Fp 4:6), mas também nos garante que Deus ouve quando oramos (veja, por exemplo, Sl 10:17; 65:2).
Neste estudo, queremos ajudar você a compreender a necessidade de apropriar-se deste novo relacionamento do qual desfruta com Deus, agora que você é um crente. Queremos ajudar você a compreender a necessidade de se relacionar com Deus através da oração.

2. O QUE É ORAÇÃO?
A primeira coisa que precisamos definir, é o que é oração.
Existem muitas definições para oração. No entanto, cremos que a melhor definição para oração seja a de que oração seja a conversa sincera do filho com seu pai. Ou seja, orar é conversar com Deus, como um filho conversa com seu pai! É aquele relacionamento, no qual temos a oportunidade de falar com Deus e ouvir Sua voz, Seus conselhos, Sua vontade. Orar é falar aquilo que está no âmago de nosso ser ao Deus Todo-Poderoso, que agora Se tornou nosso Pai!

3. QUANDO ORAR?
A Bíblia nos ensina que devemos orar sempre, sem cessar (1Ts 5:17). Ou seja, devemos orar em todos os momentos, sem interrupção. Talvez você se pergunte: mas, como orar sem cessar, se tenho que trabalhar, lavar, passar, cozinhar, capinar, estudar… O ensino bíblico é de que o crente deve cultivar um espírito de oração, isto é, deve estar em constante oração em espírito.
Outro ensino de grande importância na Bíblia, é de que devemos perserverar em oração, ou seja, não devemos desanimar de orar (veja At 1:14). Quando oramos, toda a organização espiritual da maldade nos lugares celestiais se organizam a fim de nos impedirem de orar. Se não conseguirem, farão todos os esforços para nos fazerem desanimar de orar. Por outro lado, a Bíblia nos exorta a orar noite e dia (veja 1Tm 5:5).

4. O QUE DEVE ACOMPANHAR A ORAÇÃO?
A Bíblia nos ensina claramente que a oração deve ser acompanhada de algumas atitudes, sem as quais corremos o risco de não sermos bem sucedidos na oração. Vejamos:

a) Arrependimento e confissão.
Quando oramos, devemos estar dispostos a nos arrepender de todo e qualquer pecado que tenhamos cometido, e devemos estar dispostos a confessá-los, pois a Bíblia nos garante o perdão (2Cr 7:14; Ne 1:4-7; 1Jo 1:9).

b) Vigilância.
Quantas vezes somos enredados e perdemos longos momentos de comunhão com o Senhor, porque apenas oramos e não vigiamos (Lc 21:36; 1Pe 4:7; 5:8); e

c) Ações de graças.
Nossas orações também precisam estar acompanhadas com ações de graças. É tão comum nos colocarmos em longos períodos de oração clamando bênçãos e vitórias, mas poucos momentos de louvor, adoração e ação de graças. Veja Fp 4:6 e Cl 4:2.

5. CONCLUSÃO
Conforme pudemos observar neste estudo, necessitamos urgentemente de oração, pois ela é como o orvalho que dá vida às flores, é como o sol que aquece e ilumina, como o vento que produz refrigério e alívio. É um refúgio seguro em meio ao temporal da vida. É alimento para a alma, estímulo para o espírito e renovo para o corpo! Oremos sem cessar!!!

Autor: Pr. Lázaro Soares de Assis






Este artigo foi escrito em sábado, julho 25th, 2009 e armazenado em Estudos e Mensagens. Você pode acompanhar as respostas para este post através do RSS 2.0 feed. Você pode comentar, ou deixar trackback de seu site.

Deixe um Comentário


Facebook

Twitter

RSS Feed

Últimos Posts



Colabore conosco fazendo uma doação de qualquer valor. Basta clicar na imagem abaixo.